Consegui..

Quando voltei de férias, em agosto, vinha cheia de energia e de vontade de voltar à minha Zumba, às Danças de Salão e às minhas corridas.
Mas como correr só por correr e sem objetivos definidos pode fazer com que eu perca o interesse, porque eu para fazer alguma coisa tenho de seguir um plano com objetivos bem definidos senão perco-me.. então decidi ser ambiciosa e inscrever-me logo nalgumas corridas, dessa forma teria datas e esforços definidos para poder planear os meus treinos.
Uma das corridas em que me inscrevi foi a Night Run Lisboa, que se realizou no passado sábado em Lisboa, e inscrevi-me logo para o percurso de 10km (Ambiciosa!).
Todo o conceito me pareceu interessante e apelativo, a prova teria inicio no Terreiro do Paço e seria à noite, para além disto pouco mais se sabia na altura.
Quando à algumas semanas vi o percurso fiquei um pouco assustada... parte do percurso seria a subir a Av. da Liberdade, e eu não faço treinos com subidas, na verdade evito-as a todo o custo!
Para além de ter corrido muito pouco desde que vim de férias, devido ao trabalho e á falta de companhia, (mas isto fica para uma próxima história..) nunca tinha corrido um percurso tão longo.. no próprio dia cheguei a pensar várias vezes em acobardar-me e fazer apenas os 5km, ou não ir de todo porque estava a chover... mas a minha companhia, que já não corre praticamente puxou por mim e levou-me para a corrida todo entusiasmado. Durante os primeiros 5km achei que ia morrer, a subida da Av. da Liberdade foi dolorosa, o meu ritmo cardíaco estava a custar a estabilizar, tinha a boca seca e dores nas pernas e nos joelhos... quando cheguei ao separador entre as corridas dos 5km e a dos 10km a minha companhia disse que ia continuar, estava cheio de energia e sentia-se bem para tentar os 10km (coisa que ele nunca tinha feito antes tal como eu), e eu pensei para comigo "bem, não estás a morrer, e podes sempre fazer o resto do percurso a andar se não conseguires, mas podes sempre tentar, não é vergonha nenhuma!" e lá decidi seguir pelo percurso dos 10km!
A dada altura separamo-nos porque tive novamente de baixar o ritmo cardíaco que tendia a passar os 190bpm, e rapidamente voltei a correr. O percurso entre os 6km e os 8km foi o mais doloroso, entre os 8km e os 9km foi um instante e quando passei os 9km e vi a meta ali tão perto acelerei o ritmo como nunca antes tinha feito e cortei a meta após pouco mais de uma hora a correr.. os meus primeiros 10km! =D
Pelo caminho ainda incentivei alguns corredores que iam parando, e vi pessoas a correr que me inspiraram e me deram a motivação para não desistir e continuar, não só a correr aqueles 10km mas sempre.
Quando passei a meta nem acreditava que tinha conseguido lá chegar sem ser a rastejar, mas a verdade é que corri os 10km e no fim ainda fiquei para a festa e pulei durante mais uma hora, e ainda andei 2km até ao carro.. a verdade é que o nosso corpo tem uma resistência muito superior àquela que nós julgamos ter. No domingo mal me mexia com as dores, mas estava feliz e muito orgulhosa de mim mesma!

Mas a verdade é que se não fosse a minha companhia possivelmente nem teria ido à corrida, não teria corrido os 10km e não estaria tão feliz neste momento.. Obrigada!!

2 comentários:

  1. Fantástico! Tens motivo para te orgulhares sim senhor! Estás de parabéns e a tua companhia também. ;)

    ResponderEliminar